sábado, 26 de março de 2011

Um ateísta e a sua familia...

.
Com ou sem gravata, um ateísta é sempre um ateísta... 100% animal!

quinta-feira, 17 de março de 2011

A contaminação ateísta... daí vem o mal!

A partir do momento em que os ateístas apareceram a maldade chegou ao mundo com eles.
Nunca pais haverá paz e a maldade será levada por eles a todos os cantos da Terra e penetrará até nas religiões, onde os ateísta estarão, quais lobos disfarçados de cordeiros no meio do rebanho.

xxx, atheo, atheist, bad atheism, paneleiro ateu
... e nada disto acontecia!!!!
.

sábado, 12 de março de 2011

sexta-feira, 11 de março de 2011

quinta-feira, 10 de março de 2011

Já não se pode falar a verdade porque "machuca" os panascas...


O bastonário da Ordem dos Médicos considera “normal” a publicação na Revista da Ordem de um artigo de opinião que trata os homossexuais como "anormais" e "defeituosos", considerando tratar-se de um direito que não pode ser censurado em democracia.

Em declarações à agência Lusa, o bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, recusou-se a dar uma opinião pessoal sobre o artigo, no qual os homossexuais são classificados como “doentes”, “defeituosos”, “anormais”, “portadores de taras”, com “condutas repugnantes”, “higiene degradante” e que requerem “correcção".

"A minha opinião é irrelevante para esta situação”, disse o bastonário, lembrando que a Revista da Ordem "é plural e livre" e que "os artigos de opinião são da responsabilidade dos seus autores".

O artigo assinado pelo diretor do Instituto Português de Oncologia insinua que a homossexualidade acarreta doenças e desvios e que, portanto, estas pessoas não têm sequer direito à dignidade nos seus afetos.

O texto pode ainda ler-se que existem alguns comportamentos estereotipados – “gestos, fala, indumentária, gostos e manifestações subtis” - pelos quais, segundo o autor, é possível identificar os homossexuais.


Quem ia tendo um ataque foi o presidente do clube desportivo da panasquice que dá pelo nome de, curioso* e abichanado, de rede “rede ex-aequo” .

A Rede Ex-aequo - associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, transgéneros e simpatizantes - escreveu na quarta-feira uma carta aberta ao bastonário da Ordem dos Médicos e à Direção da Revista da Ordem dos Médicos pedindo a condenação do artigo “O sentido do sexo”, da autoria de William H. Clode, publicado na edição de janeiro.

* - este nome é curioso, pois pode ser percebido como “os empata fodas”.

Moral da história: já não se pode falar verdade neste país, se o assunto for falar de paneleirice!

segunda-feira, 7 de março de 2011

AVISO - BLOG MUITO PERIGOSO!


Recomendo um cuidado especial com as crianças!ateus, paneleiros, xxx, analfabetos e pedofilos

domingo, 6 de março de 2011

O milagre da vida: Gianna Jessen - Sobrevivente de um aborto

Não resisti a referenciar aqui este impressionante testemunho retirado do Blog de Angueth
http://angueth.blogspot.com/2011/03/gianna-jessen-sobrevivente-de-um-aborto.html.

Gianna Jessen foi abortada em 06/04/1977, com sete meses e meio de gestação e sobreviveu.



Um testemunho impressionante que merece ser visto com atenção (legendado em português)

Hoje, Gianna Jessen é um dos rostos mais sérios da luta contra o aborto. Infelizmente, temos entre nós quem defenda esse ideal de nazis que extermina 50 milhões de seres humanos por ano.

No fundo, Gianna Jassen tem uma história comparável aos sobreviventes dos campos de extermínio nazis. Neste caso, "os nazis" são os abortistas, sobretudo os ateus desalmados.

sábado, 5 de março de 2011

Um aviso sério aos Cibernautas


Há locais pouco recomendáveis na Internet.

São antros de podridão, conspurcados por mentes doentes e perversas, espécimes de hominídeos fanáticos, dementes e desonestos, de cujas ideias nos devemos afastar.

Um aviso que passa a circular na Internet:



xxx,panasca, paneleiro, drogado ateu

"Sem a vida, nada mais importa"


A Vida Humana é um bem sem preço.

É uma atitude selvagem consentir e apoiar isto:
Vale a pena passar por este Blog - www.abortoemportugal.blogspot.com -, onde se apresenta de forma clara, rigorosa e séria a questão do extermínio massivo de Seres Humanos inocentes, a que chamam, "eufemisticamente", interrupção voluntária da gravidez.

Percebe-se bem a intenção. Hitler, Stalin, Mao, Pot e muitos outros, também "interrompiam voluntariamente a vida" de muita gente.

Num mundo onde um ovo de papagaio vale muito mais do que uma vida humana, não podemos pedir humanidade, paz e fraternidade.
Agradeço ao amigo Jairo a partilha deste excelente Video:


Do Blog www.abortoemportugal.blogspot.com, onde todo o conteúdo vale uma leitura atente, retiro esta citação:

"Se o ovo fertilizado não é nele mesmo humano, então nunca se poderia tornar num humano porque nada mais é acrescentado a ele [até nascer]"

(Jérôme Lejeune, geneticista, e responsável pela descoberta do síndrome de Down)